terça-feira, março 18, 2008

Luta Contra a Exploração


Estou em delírio! Acabei de ver isto




(clicar na imagem para ver bem)
para quem não conseguiu abrir a imagem como eu o anúncio tem como título: Luta Contra o Desemprego e a descrição o seguinte: Estamos à procura de um ou uma estagiária ou estagiário para o departamento de contacto.


e achei lindo lindo e achei tão lindo que tive que responder a estes palhaços.
Como sou querida vou por aqui o email que se seguiu para os senhores do qual aguardo ansiosamente uma resposta.


Boa Tarde,


Estava no site cargadetrabalhos e vi o vosso anúncio. Não posso deixar de responder porque achei surreal!


Então a luta contra o desemprego é feita através de estagiários?! O mesmo seria lutar contra a ditadura com Estaline na frente da marcha ou lutar contra o holocausto com hitler a comandar as tropas e acender as câmaras de gás.


Já vi anúncios perfeitamente estranhos mas este bate tudo! Bem, cada um usa as armas que tem. A luta contra o desemprego faz-se com condições de trabalho (contrato, subsidios de refeição, férias, natal, se formos mais além com seguro de saúde, refeitório, etc. etc.) e estagiário não é de todo uma condição. Aliás, é, é uma condição, mas uma condição má. E má para o estagiário, má para a empresa, para os clientes e para o país. A riqueza de um país lê-se pelos níveis económicos desta, como devem saber e com estagiários não estão a criar riqueza mas sim a criar exploração. Não estão a lutar contra o desemprego estão a alimentá-lo.


Uma empresa como a &5%9$ surpreende-me que tenha uma campanha desta. Acredito que recebam 36596635 currículos de recém-licenciados, de licenciados, de gente com alguma experiência e gente com muita porque o país vai já com as calças abaixo do joelho, mas é triste. É triste que queiram lutar contra o desemprego a contratar estagiários.


Dei-me ao trabalho de vos enviar este e-mail porque fui incapaz de ficar indiferente e porque me atacam, e atacam os meus colegas e amigos, atacam quem procura realmente oportunidades e pior atacam a inteligência de quem passou 3 ou 4 ou 5 anos a estudar para ter uma vida cheia de possibilidades.


Cumprimentos,
Miss Detective

17 comentários:

Poisoned Apple disse...

Clap, clap, clap! Até tenho inveja de não ter sido eu a escrever isto! Tenho a sorte de ter um emprego e bom, mas estou contigo em cada linha.

Go Miss, go!

PS - E os meninos responderam? Aaaaai, pagava para lhes ver a tromba!

Anónimo disse...

Está contratada, você é o tipo de pessoa que procuramos ;)

Bruxita disse...

Acho que podes ter visto a coisa pela prespectiva errada.

Lutar contra o desemprego e contratar um estagiário pode tão só e apenas querer dizer que eles dão opurtunidade aos estagiários de integrarem a empresa. Muitas vezes acontece estagiarmos e daí para a frente fazermos nesse sítio a nossa carreira (daí o combate ao desemprego aka tirar estagiários "da rua" e integra-los nos quadros). Não quer dizer que uma vez estagiário para sempre estagiário ou uma vez estagiário e depois rua.

Eu estagiei numa empresa muito conhecida e foi assim. Era estagiária. Fui explorada porque trabalhei meses á borla mas depois fiquei efectiva e muito bem!

Quando ao não ser bom para os clientes isso é uma espada de 2 gumes. Se o cliente só lidar com o chefe de equipa é igual ao litro agora se andar a conhecer 1 estagiário novo de cada vez que se encontram a coisa é pior.
Digo que nao é totalmente mau para os clientes porque os estagiarios normalmente esforçam-se muito mais do que os que já lá estão. São os estagiários que precisam de provar que são bons. Falta-lhes é a experiência e o tecnicismo o que muitas vezes também pode ser interessante já que permite explorar novas ideias e novas formas de fazer.

Compreendo a indignaçao mas axo k interpretaste mal.

Cumprimentos

MiSs Detective disse...

bruxita, acontece, pode acontecer. sabes a diferença que te fazia teres trabalhado esses 6 meses a receber? vai a segurança social e faz as contas. vamos tirar os meninos da cama as 7 da manha e vamos começar a escravizá-los às 9h. nao interpretei mal, estagiarios é exploraçao nao é lutar contra o desemprego. o que vier a seguir ao estagio sao outros 500. e nao falo do contacto com os clientes falo do trabalho que fazem para eles.

Poisoned Apple disse...

Bruxita,

eu também fui estagiar para um sítio e findo o estágio continuei. Trabalhei 10 MESES DE GRAÇA porque queria mesmo ficar, ninguém me obrigava a ir trabalhar, diziam-me que se sentiam mal com a minha condição, eu fazia o horário que queria e apenas aguardava que saísse a autorização para que o meu lugar fosse ocupado (por mim). Se faltei duas ou três vezes foi muito.

O contrato iria chegar (e chegou), só que ninguém sabia dizer quando e foram sempre sinceros nisso. Sobretudo, trabalhei de graça porque quis, porque acreditava, não NUNCA fui explorada. Mais, ofereceram-me muita formação de graça, porque era uma forma de me compensar.

Atente nas suas palavras: "Fui explorada porque trabalhei meses à borla mas depois fiquei efectiva e muito bem!". Ou seja, aproveitaram-se enquanto não tinham a certeza se era você o perfil que procuravam. É o que fazem em todo o lado e é isso que motiva o protesto da Miss.

Empresas sérias entrevistam, avaliam, escolhem e fazem um contrato, não poem ninguém a trabalhar de graça não sei quantos meses! É para isso que existe um período de 15 dias/1 mês nos contratos, para poder voltar atrás, caso o perfil não se verifique adequado.

Na minha opinião, os estágios que não fossem pagos deviam ser proibidos, devia ser ilegal. Acho tão grave pôr alguém a trabalhar de graça, como são as criancinhas exploradas nas fábricas da China a ganhar US$1 por mês.

É é uma escravatura disfarçada, legal, pois não são protegidos os interesses dos recém-licenciados que se vêem sem outra opção senão fazer estágios para encher chouriços enquanto não se encontra uma empresa séria.

Anónimo disse...

Epah oh bruxita, poupa-nos. já te tirei a pinta. És do género...

boss - bruxita, eu sei que não é da tua função, mas a preta da limpeza está de férias e a casa-de-banho entupiu. Importas-te de ir la tirar a merda da pia?"

bruxita - Oh claro que vou limpar a merda! afinal estive meses a trabalhar à pala e a ser explorada, e agora q me pagam, tenho q agradecer a vossa bondade! Onde é que está o desentipudor e o Air Wik?

MiSs Detective disse...

uma coisinha bruxinha.., então tu passaste a ser muito pior depoois de teres ficado na empresa?? aposto que se eles soubessem não tinham ficado contigo. minha filha, POUPA-ME!!! nao é nada pessoal, sendo tu minha cliente aqui e tal e coiso, e é mau estar a ser rude, mas quer-se dizer. eu tambem ja fui estagiária,daí a achar que era linda a minha posição vai uma longa distância!

Ana disse...

Pára tudo!!
Tambem tenho de pôr a minha colher no meio desta discussão toda.
Estou de acordo com alguns pontos, com outros discordo.

O Estagiario nao é "o" preto; Sim o estagiário está para aprender...e aprende-se mto; Não...não é igual para o litro o estagiario nao falar c ele...ou simplesmente ele só fala com o director, porque na realidade mtas vezes kem trabalha é mesmo o estagiario que vai evoluindo à medida que aprende e se nao começar a falar c o cliente e se nao tiver autonomia, nunca ira deixar de ser o estagiário; à trabalhos que são esculpidos para estagiários e sinceramente (por experiencia propria) ACCOUNT é um deles.está mesmo esculpido para isso.
Ali aprende-se, dps salta-se para outra empresa e para outra...3 meses é o suficiente.

E sim é ranhoso ser-se estagiário, é esta oferta estupida de condiçoes menos apraziveis e as sujeiçoes a que alguns de nos se sujeitam (passo a redundancia) que alimenta os estagios. E é pena, que para sermos o que seremos um dia teremos de passar pela funçao. Ha no entanto quem consiga fugir a esse rotulo de estagiario...mas há os que sao eternamente.

Miss...era uma coisa fixe pa ti...sem ser como estagio ti garanto!

Piston disse...

Bem que me disseram que punhas as garras de fora quando ouvias a palavra estágio...

Saiam da frente!

Osga disse...

estágio | s. m.

do Fr. stage < b. Lat. stagiu

s. m.,
tirocínio;
aprendizagem.

Cada vez que um gajo muda de emprego entra sempre em estágio, o que se diz por ai de estágio é mais escravidão!
Aprendizagem sim mas paguem! Eu não pago as contas da casa com palmadinhas nas costas!

Sahara disse...

Diz-me que recebeste o relatório de lido! Porque uma resposta dessas merece ir ao administrador. Por acaso costumo ir ao carga mas não vi este (também confesso que quando vejo estágio passo à frente). Já dei para essa freguesia. E sim, concordo com cada palavra tua.

Tânia disse...

Vim ao teu blog, porque calculei que tivesses escrito qualquer coisa sobre este post na carga de trabalhos... Eu fiquei com o mesmo ar de espanto e revolta que tu. Como é possivel... Descaramento e audácia... Eu efectivamente já estagiei em três locais distintos. Num jornal, numa redacção de TV e por fim num programa windoooo. Confesso que já não tinha forças nem paciência para o ultimo. É triste como muitas vezes pedem experiência de 2/3 anos, quando o minimo que nos oferecem é um misero estágio de 6 meses com ajudas de custos... Há coisas fantásticas, não há?!


FOSTE BRILHANTE MISS

MiSs Detective disse...

ana, o problema nao é o estagio nao ando a enviar emails para as empreas q pedem estagiários (se bem que ha ai mais um anuncio ou outro que apetece) o q me deixou perplexa neste caso foi o titulo: luta contra o desemprego. é obvio que esta empresa é optima! e claro se me quisessem contratar eu ia sem pensar 2 vezes.

sahara, nao tive resposta! foi uma pena! mas ainda tenho esperança :P

tânia, muito obrigadinha. e imagino o programa windo! lololol

pisto, sou fiel a mim mesma.

osga, lá está!!!

bilhas disse...

Redação
Título: Os estágios.

Eu gosto muito dos estágios. Estagiar deve ser a melhor coisa que o homem inventou a seguir à roda! Um homem aprende muito a estagiar, mesmo sabendo que no final do dia, não tem um tostão para ir ao cineminha. Mas não importa. Estagiar é o melhor da vida!

Bilhas, o estagiário da Fita!

PS: Aviso desde já que, embora já tendo passado essa condição há uns anos, os melhores dias da minha vida profissional foram no meu primeiro estágio a marcar preços num armazém de cabos! Aprendi com os melhores marcadores de preço do país... ahhhh e era para ir para o dep. de marketing da dita empresa! :)

Piston disse...

Estou neste momento a olhar para os meus "patrões" do estágio. Eles pensam que estou a trabalhar.

Bruxita disse...

Lamento muito que a maior parte de vocês tenha sido tão....agressiva? quanto ao que escrevi pois apenas quis partilhar o meu ponto de vista. Eu adorei o meu estágio. E não o trocava por outro noutro sitio. Deram me responsabilidades e eu em vez de ficar fodida com ter que trabalhar, trabalhava mesmo e curtia trabalhar como o caraças!

Lamento se nem toda a gente gosta de trabalhar,eu ca gostei imenso de ter responsabilidades e de provar que era tao boa ou melhor como muita gente que ja la estava aa muito mais tempo do que eu. Sou uma pessoa competitiva e trabalho nao me assusta.

E ja agora, quem tiver alguma coisa para dizer k va ao meu blog pk eu nao ando sempre aqui para ler as merdas que escrevem. Quem tem alguma coisa a me dizer me diga na cara ou em caso de impossibilidade no meu proprio blog

Joana disse...

Miss gostei do teu texto de resposta... de estágios sem saída está este mundo cheio!

Minha humilde opinião, sendo estagiário ou estando no quadro um colaborador de uma empresa merece ser tratado com respeito (porque também se deve dar ao respeito), deve ser motivado, premiado e deve-lhe ser permitida a progressão na carreira. Só que em algumas empresas alguns destes factos continuam a ser ignorados então (e perdoem-me a expressão!) shit happens!