quarta-feira, dezembro 10, 2008

Morangos com açúcar e muito muito mais!

O meu dia passa entre o escritório cá de casa e a sala onde papo todas as séries televisivas e tudo o que possa dar de interessante ou não na tv. Nas últimas semanas tenho-me dedicado a apreciar a série morangos com açúcar. Que isto para uma pessoa falar mal tem que saber do que fala. Com 3 semanas intensivas de morangos com açúcar sinto-me agora capaz de fazer uma crítica fundamentada e altamente destrutiva a este desfile de modelos tristes.

Vou começar pela minha personagem favorita, o Tomé. O Tomé é um gajo feio, mas disso ele não se pode livrar, com um cabelo que nosso senhor Jesus Cristo, não lembra ao ser mais tarado à face da terra. A minha dúvida é a seguinte: ele foi assim ao casting? ou pediram-lhe para efectuar aquele corte maltrapilho cheio de pontas esticadas para a frente e para trás? Em qualquer uma das minhas hipóteses o júri é composto por pessoas alienadas e que não têm a noção que pode haver crianças a imitar e teremos a escola cheia de tomézinhos. Please, alguém que faça alguma coisa aquela criatura demoníaca.

A minha segunda personagem favorita é a Beatriz. Com alguma piada, mas a perpetuar o velho estigma: mulher não sexa porque não e gajo não sexa porque tem algum problema patológico e físico. De qualquer forma tem desculpa porque se apaixonou pelo presidente da associação de estudantes que tem muito jeitinho para representar (NOT!) e as gajas arranjam sempre desculpas para o desinteresse.

Depois temos as Just Girl que ainda ontem foram ao programa da Júlia cantar um playback maravilhoso, uma levava um top pelas mamas e coçava a cintura, suponho que fosse o cinto que estivesse a fazer alergia. Têm muito jeito para cantar e para representar, aliás todas elas são umas pérolas! Mas também têm desculpa uma vez que seguem o seu sonho.

Temos também o António que supostamente é a brasa da escola e minhas fiéis leitoras o mundo está muito mal, só pode!!

Mas como tudo não pode ser mau há a Cândida que é um prato! A pequena tem 2 irmãs mais velhas e é aquela miúda cheia de piada com saídas à adulto, super engraçadas e ou muito me engana ou terá um futuro brilhante.

Uma outra coisa que eu gostava muito de saber é o porquê de metade do episódio ser a repetição do dia anterior. A namorada do Tomé esteve 2 semanas para ir todos os dias ao médico, não há quem aguente este sofrimento!

8 comentários:

Piston disse...

Então e não se fala nos guiões dignos de um qualquer atrasado mental?

Joana disse...

... e o extreme-para-lá-de-repassado-OVER-ACTING!

São mesmo emoções ao rubro... nem eu nos meus piores dias de TPM.

P. disse...

e nao é que ha mais pessoal a ver isto do que o esperado???
Lol... morangos pa mim só à mesa!

Rui Mendes disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL... mataste-me. Tens muita razão, mas agora fazes assim (é como eu faço): Às 18 horas metes na SIC e vês a "Rebelde Way", quando a Rebelde Way termina passas para a TVI que vai começar o episódio que não viste e assim escusas de estar a ver o episódio anterior.

P.S: A Rebelde é bem melhor e a Lisa Scott é FANTÁSTICA.

Espero o teu feedback :P

Bjs :)

kitty disse...

Não faço idéia do que falas. Já vi Morangos na altura da Cláudia Vieira e namoradinho, depois desliguei porque realmetne aquilo é muito mau, mas agora nºao faço idéia das personagens nem da história. BEijoca

Nuno T disse...

Faz como eu, vê antes os Rebeldes.
E depois, vai para o canto da sala, agacha-te e interroga-te do porquê de permitirem que aquilo (morangos e rebeldes) passe na televisão portuguesa. E reparas que até tem audiência.
Aí, podes concluir que esta nova geração que aí vem são umas cópias fieis do que dá na tv, com tudo de mau e... de mau. Incluindo penteados.

Miss G disse...

Os Morangos são uma série de muito mau exemplo:
O Raúl anda na escola (ainda que no secundário e supondo ser-se menor) sem que o encarregado de educação tenha conhecimento. Onde é que ele tem dinheiro para viver na pensão?
A Madalena anda armada em intocável e mete-se em esquemas malucos sem um arranhao.
O director é demasiado benevolente.
Ah, e a Diana e o Nuno no espaço de 3minutos fazem as pazes, vão ao notário e casam com uma barriga fácil, assim, só pelo valor da palavra.
Há muitos mais exemplos, maus exemplos, a apontar à dita série. O que me admira é como é que não há uma autoridade que reveja e impeça certas cenas e personagens.
Enfim... o degredo!
Mas eu vejo, confesso, porque aquilo é tão estapafúrdio que não preciso de esperar pela estreia de nenhum filme de comédia para me rir... culpada! É para relaxar do di-a-dia!

wednesday disse...

De vez em quando lá vou vendo. Basta 1x por mês para repor tudo. Afinal é uma novela. E como por dia dão prái 5 minutos novos... lol... Aquilo cada vez tá pior.

Acreditas que hoje vi um puto a achar que era bonzão com um cabelo palha de aço igual ao desse puto da série? Quase o ia pisando nas escadas do metro pq só me apetecia rir... :P

E as miúdas à volta dele! Djizas