sexta-feira, maio 23, 2008

A abanar essas bandeiras!

Porque ontem era feriado e chovia com uma certa frequência jantei por casa onde pude assistir espantadamente à segunda semi final do eurofestival da canção. Pois! e perguntam vocês o quê que eu tinha na cabeça e eu digo: tinha que ver para poder escrever estas linhas.

Lembro-me de ter lido uma vez, penso que há 2 anos altura em que o Eurofestival da Canção levou ao estrelato uma banda heavymetal, ou antes, uma aberração, e escrevia o cronista qualquer coisa como, como se poderia aceitar que uma Itália ou um Reino Unido, países com uma longa história musical, ficassem de fora deste espectáculo a favor da uma Macedónia ou Ucrânia? E a resposta é que temos que mostar ao mundo e ao próprios europeus que os nossos valores estão a mudar, que somos um povo aberto à mudança e à aceitação, mas um só povo. Há uma necessidade incrível de mostrarmos que somos uma Europa só e isso tem que se ver até na música. E é isto mesmo!

Se alguém viu a palhaçada de ontem, que começou ha 3 dias se não estou em erro com a primeira semi-final entende o que escrevi. Se bem me lembro este festival era qualquer coisa como uma exibição de talentos, de vozes. Ontem o que vi foi uma exibição de aberrações. Mas sim, vale a pena por uma europa unida.

Desde travestis, a grupos de stand up comedy, a gajas com um calção a roçar as vergonhas, a grandes performances de dança desde tango a hip hop, um monte de garrafas alinhadas com uma bailarina tocar com uma verga a um velho a gritar em pleno palco de bengala na mão.

Não meus senhores isto não é música! Isto não é nada. De entre os 19 concorrentes lá estavamos nós, Portugal e isto parecendo que não, que nos fomos habituando nos últimos anos a sermos a vergonha das vergonhas até fiquei contente! Apesar de tudo mantemos a tradição e levámos uma música que até que fica no ouvido. A madeirense não envergonhou ninguém e levou ao palco uma exibiação que, é pá, gostei! Digam o que disserem isto sim é fado! ou melhor dizendo, isto sim é música. Isto sim é festival da canção!!

Porque o país não é só bola, passámos à Final! Agora o que eu gostava mesmo de ter visto era pessoal aí pelas cidades a apitar! Não?! Porque não?! É uma vitória. Mas com estas já o povinho não se alegra. Eu vos garanto que se por algum milagre do destino a Vânia Márisa ganhasse aquela merda, que não sei quando irá dar (tenho que me informar) garanto-vos que ia apitar para o Marquês!

11 comentários:

Ervilha Escriba disse...

A resmungar assim só te posso dizer: "Bem vinda à terceira idade", ahahah

No nosso tempo é que era!!!

Ervi

António Raminhos disse...

Quem vai ganhar é o Rodolfo Chikiliquatre ! Não conheces? Vê aqui: http://antonioraminhos.blogspot.com/2008/03/rodolfo-chikiliquatre.html

AR

www.antonioraminhos.blogspot.com

Blue_@ngel disse...

A final é este fim de semana. Se não me engano, amanhã.
Fiquei contente, mas só soube hoje de manhã, porque ontem à noite estava a trabalhar, e estive até às 3 da manhã, portanto não soube. Depois, levantei-me às 6 e meia para trabalhar novamente e soube à bocado a ler o jornal e a beber um cafézito para me manter acordado. EHEH
Fiquei contente.
E quando saí do café, ainda ouvi umas buzinas e pensei, "epá, isto é pelo festival da canção!!". Quando olhei melhor, vi que não... Era apenas mais um condutor stressado, com alguma úlcera nervosa a caminho por ser tão intolerante...
Mas digo-te, se por acaso ela ganhasse, era capaz de ser preso na Ponte 25 de Abril, com uma bandeira às costas!!!! LOL
Beijocas.

Matryoshka disse...

Vou apitar contigo!

Blue_@ngel disse...

Ups!!!! Que grande erro...
Intolerável em mim!!!
No meu comentário, onde digo, "...soube à bocado...", deve ler-se, "...soube há bocado...".
Imperdoável... :)

Vanita disse...

É no sábado, amanhã, às 20h00. Passa na RTP1 ;)

PS - Embora seja Vanita, não sou a Vânia Fernandes!!

Catarina A disse...

A rapariga até cantou bastante bem. Não envergonhou de modo nenhum.
Penso que o nosso problema é termos um estilo que repetimos demais todos os anos.

Beijinhos *

Maria Manuela disse...

A música é muito boa....mas a política que está e sempre esteve subjacente ao eurofestival duvido que nos permita ganhar....

bjo

Nuno T disse...

Cátia Vanessa, amississima, eu não vi. Falhei. Perdi certamente uma grande fonte de material blogueiro. Mas pude contar com as tuas preciosas observações, e por isso, um obrigado. Cá do fundo.

ps: eu, sempre que passo no Marquês, puxo da buzina. Não sei, é instinto.

bjinhos*

Catarina A disse...

Afinal, não ficámos assim tão mal colocados.
Em 40 e muitos no total, ficar em 13º não é mau.
Grandes emigrantes que resolveram todos votar em nós.
Beijos *

wednesday disse...

O problema é que agora com este formato parvo vão ganhar sempre os mesmos: quem tem muitos vizinhos que votam uns nos outrosou quem tem gajas boas. É que sinceramente a única música que me lembro de ser tradicional e na língua original foi a nossa. Uma vergonha!