quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Não vou fugir ao tema

principalmente depois desta notícia!

Hoje é dia dos namorados. Então bora lá fazer umas coisas giras que fogem dos dias. Bora lá encher o coração de quem o tem vazio durante o tempo em que estão juntos e vamos ficar felizes hoje. Porque hoje é um dia importante para todas as relações, não é?!

A amiga V. que já aqui referenciei continua com a sua relação mais que acabada e recebe hoje (notícia de última hora) um bilhetinho para o concerto do Tony Carreira no Pavilhão Atlântico. Ela gosta? Diz que não, mas que o namorado sim e portanto quer companhia. E isso é que é de valor!! Eu normalmente compro sempre aos outros uma coisa que me encha as medidas. Nem sequer penso se a pessoa vai realmente gostar (NOT).

Adiante,Temos entre um variado leque de escolhas os peluches com corações a dizer I Love You, as almofadinhas fofinhas, vermelhas com folhos a dizer Adoro-te ou Amo-te, temos os postais com dizeres cheios de sentimento e esgatafunhamos mais qualquer coisa que acaba com mais outra coisa qualquer bem ao género do "Amo-te Muito, queor ficar contigo para sempre, sois a minha alma gémea".

Que eu seja tonta e acredite nos para sempres e nas caras metades e essas bestialidades que se dizem por aí é problema meu e não tenho a culpa de que quando se está apaixonada se acredite nessas porras todas. Daí a comprar um postalinho desses ou uma almofada dessas e whatevers do género já vai um longo caminho! Para mim todos os dias são únicos e todos os dias acabam à hora que eu quiser e todos os dias que estamos juntos são o nosso dia. E todos os dias são dias de me lembrar e escrever um Gosto Muito de Ti em letra 140 e enviar por e-mail. Ou deixar um lembrete no telemóvel para tocar às 2 da manhã a dizer "tenho saudades tuas" e totozices do género. Não espero por um dia do ano para ir jantar àquele restaurante, porque quando me apetecer vou e não tem que ser hoje.

Não celebro 1 mês ou 2 ou 3 ou 12 porque estou-me bem a lixar para isso. Quando na eventualidade da vida fizer 25 anos de namoro vou celebrar e dizer como foi possível aturares-me até aqui!! Até lá vivo cada dia com vontade de mais um e mais um e mais um e por aí afora... com a certeza de que somos felizes assim, nas nossas diferenças e nas nossas semelhanças.

4 comentários:

Pink Lady disse...

Tony Carreira? Eu despachava-o na hora! Não há a amor que resista a isso...

E a verdade é que mesmo tentando passar por cima deste dia, mesmo que tentemos transformá-lo num dia vulgar, todos temos sempre uma palavrinha a dizer sobre o assunto... No meu caso, prefiro passar por este dia a comer um belo de um calipo, hã?

wednesday disse...

POis, tu foste mais palavrosa que eu, mas no fundo no fundo, tamos lá;)

P. disse...

balelas... independentemente de se gostar e dar importancia ao dia ou nao um presente com o minimo de bom gosto (tony carreira???) neste dia conta a dobrar... é como que o romantisco caisse em cima do mulherio assim mesmo à bruta!

Nuno T disse...

Amississima!

Concordo contigo, pah!

E acho piada a quem dá aqueles cartões todos pré-escritos com merdelhiçe. Imagino a cena: "Hum... isto parece algo que eu diria... vou levar!"

bjs***