domingo, novembro 04, 2007

Há coisas que nunca podem mudar,simplesmente porque assim têm que ser


Mais uma vez sabíamos quem ia lá estar. Apesar de todas as divergências em muitas coisas nos últimos tempos, da tua preocupação que eu considero toinatotonerd, dos estilos de vida que pouco ou nada têm a ver. Dos nossos impasses. Da nossa falta de tacto para falar dos assuntos que passaram no tempo do nosso afastamento sei no preciso momento em que de uma ponta para a outra da mesa (ou pelo meio de 3 pessoas) olho para ti e quero dizer "também é da madeira!" tu ris-te e dizes que sim. Nesse momento fico descansada porque sei que posso contar contigo, e que mesmo que a vida mude, teremos sempre as nossas piadas secretas (como quem diz, PARVAS!), a nossa maneira de não falar.


Este ano não tivemos um bolo ao teu estilo. Se não me tivessem dito que o vermelho era o cabelo eu diria que era um gorro. Diria também que estava exactamente igual ao desenho, tu é que imprimiste um desenho mau. Eu disse-te que fazia o bolo pizza, mas não quiseste. É tão bom bolo pizza! Para o ano é em Lisboa, 'tás a ler??!!!


Desculpe lá isto vir com uns dias de atraso, mas teve que ser! PARABÉNS!!!!!!!!


Quem quebrar a tradição vai levar com consequências gravíssimas. Em Abril lá estaremos mais um ano.(era a cor mais parecida com cor de rosa que havia na palete!)

2 comentários:

Para sempre, Maria disse...

Muito fixe. Totalmente estranho. Era a ideia, certo?

Juani disse...

Isso do bolo pizza, soa-me bem! lol