quinta-feira, setembro 27, 2007

Uma Espingarda, s.f.f.!

Gostava eu muito de saber quem foi o ATRASADO MENTAL que se lembrou de fazer o anúncio do BES que põe em extase uma pobre coitada que ganha 430€ e diz que vai comprar muita coisa e que no BES é que rende. Devem estar a gozar, só pode. A gozar com o panorâma geral do emprego dos jovens neste país.

Se há coisa que me irrita é o emprego, a falta dele ou as condições precárias que perturbam essencialmente os jovens licenciados, incluindo-me. Fazer um anúncio nesta base, é real porque é o que se passa, mas fazer disto brincadeira e por uma totó histérica é caso para mandar umas chapadonas bem assentes nos criativos deste anúncio. Porque espelha a triste realidade que se vive não dá o direito de fazer disto piada fácil.

12 comentários:

bilhas disse...

Miss... eu mando-lhe a espingarda... ou um camião delas por correio!

Bolacha Maria disse...

Eu preferia mandar uns sopapos a todos aos Senhores Donos dos Bancos.. Esses sim, merecem o meu ódiozinho de estimação...

medusa disse...

ainda não vi;

mas tens razão o emprego neste país é uma realidade que não mete graça nenhuma

wednesday disse...

Assinado pá... Este país é mais ridículo a cada minuto que passa. Só apptece mesmo às vezes virar costas e deixar de acreditar que vai melhorar.

Anónimo disse...

qual é a campanha? é anuncio TV?
Miss P

PrimaNocte disse...

Serve uma catana?

Kitty disse...

Nunca vi essa campanha. Mas digo-te que usava a espingarda no outro moço que está constantemente a cantar aquela música horrível do "virar de pernas para o ar". :-D

Inútil disse...

É andarem a fazer fome aos pobres.
430 euros e vai comprar muita coisa? A não ser que a senhora tenha um part-time não declarado ali prós lados do técnico, não estou bem a ver como...

nika_liu disse...

Ainda não vi...mas é o mais fácil, gozar com pessoal que não pode!

Cai de Costas disse...

Desempregados? Disseste DESEMPREGADOS?

Juani disse...

Ainda não vi esse anúncio, mas já a ver o tipo de anúncio que é... temos com cada criativo.
Os piores são sem dúvida os dos créditos e seguros por telefone, e os dos bancos...

Miss Alcor disse...

Nem mais!
Nunca vi, e se é assim, espero não ver!
Não há nada pior que dar falsas esperanças às pessoas!
Sacanas!
A publicidade é muuuuuiiiiiito má às vezes!