terça-feira, abril 29, 2008

Oh djizas, my lord. O gajedo está louco!

Ontem estava no café com o meu amigo de sempre de todos os tempos e a quem devo um post de Parabéns com uma pequena surpresa (temos tempo) e falávamos de não sei bem o quê, provavelmente das suas gajas.

Oi tessao! faz uma coisa boa a nos vem dar cabo da fechadura d cofre q qq dia nem abre n aguento + imagina o gozo do aperto! N resistas aguardo noticias (boneco a mandar um beijo)

Pois bem, para mim erros ortográficos e metade do teSão fora. S. tesão escreve-se com um s não com dois. Se ainda escrevesses com Z era mau, mas caramba pá, dois S's????!!! Faz uma coisa boa a nós, povo português letrado, usa a escrita inteligente. A probabilidade de erro desce Upa Upa, drasticamente.

Segunda parte:és alguma porta?! Mas estúpida que nem uma lá isso não há dúvida. Então e aquela coisa do mistério?! Da sedução?! Sabeis?! Não. Não que eu seja uma pessoa que percebe tudo da vida e das realções e blabláblá que na verdade até sou um bocado nulidade, mas quer-se dizer... até uma criança gosta de jogar à apanhada, às escondidas, ao toquifoge

O gozo do aperto é quase a parte que me mata não fosse a seguinte:não resistas aguardo notícias. Parece aquelas linhas eróticas Mi liga vai!

Pergunta estúpida e ingénua da Miss é possível algum homem deste mundo ter pica com isto quando não se passou nada? Isto dá alguma espécie de vontadinha para saltar à cueca?! Isto dá vontade de quê? Na minha pouco conhecedora deste mundo obscuro da bregisse (sou tão in que nem sequer sei escrever esta palavra) mas para mim seria: Vá, põe lá o telemóvel a vibrar!

3 comentários:

Piston disse...

Dá vontade de a pôr a comer palha de uma manjedoura.

Poisoned Apple disse...

Confesso: já perdi o interesse num homem depois de começar a ler o que escrevia em "português"...

Cai de Costas disse...

Onde fica esse café?