quarta-feira, agosto 01, 2007

00:00


Enterrei as mãos no teu cabelo e subi pelo teu suor. Perguntas-me o que foi. Eu digo que não foi nada. Mas sabemos que é sempre alguma coisa.Sinto-te mais uma vez perto demais, demasiadamente tão perto. Deliciamo-nos no sundae de chocolate e rimo-nos das pazes que podem ser feitas por entre um bocado de chocolate com gelado. É uma arma de arremesso para sairmos da tua porta e irmos a uma praia qualquer, para sair do carro e veres que as minhas calças com botões que não desbotoam nunca ficam-me melhor que sempre. Naquele dia senti que te traí. Roubei o nosso espaço. E fizeste-me descer. Duas é sempre o melhor número se não houver tempo para três. Ficamo-nos pela primeira. O nosso espaço era nosso. Brincamos com a situação que nos incomoda e marcámos hora às 4h. Não, não podemos. Deviamo-nos ver mais vezes. Deviamo-nos ver sempre, todos os dias, todas as horas. Pergunto-te o que foi, dizes que não foi nada. Mas sabemos que é sempre alguma coisa.
Não sei se não será só impressão. Se calhar não passa de uma fantasia minha.

5 comentários:

Pink Lady disse...

E não estamos ... Não, não estamos!

Uuuuhhhh!

Joana disse...

Olha que isto hoje está quente ou é impressão minha...

Estamos bem! Muito bem! Sim senhora!
:)

bjs

Juani disse...

Tb andas assim Miss?! Tou a ver k isto é o Verão...
Amanhã tenho k por a leitura do blog em dia, ah pois é... =P

Minhocas na Maçã disse...

Palavras sensuais, uuh! (:

MiSs Detective disse...

ja nao pode uma gaja escrever uma coisa q fica tudo em pulvorosa LOLOL

pink lady, anda a ver bueda mal pá LOLOLOL CABELO!!! CABELOOOOOOO lolol tonta!