segunda-feira, maio 21, 2007

Equilíbrios


Atreves-te a mais uma curva? A mais uma volta? Que caminho queres? A linha com cruzamentos traçados na palma das tuas mãos? E o teu acreditar que se controla o que se pensa nas acções. Mas não, e por isso o limbo existe. A corda bamba entre o que se deseja e o compromisso que se deve e que se quebra sem permissão. A preto e branco passas uma borracha e espalhas antigas mágoas por quem não padece da culpa e baixas a cabeça a quem te tirou dela. O pecado só é teu por acreditares que os compromissos se quebram apenas nos actos. Eu que não sou fiel te digo que jamais irei trair-me a mim própria.

5 comentários:

Pink Lady disse...

Embora não esteja de acordo... Gostei! É uma perspectiva. Um modo de ver e sentir e vale por isso!

Bilhas disse...

Só uma correcção... o limbo já não existe! A Igreja acabou com o dito... e agora os pecadores (como eu) já nem sequer têm essa esperança!

MiSs Detective disse...

pink lady a recber a mensagem ;)

o limbo existe semrpe nas nossas mentes, pelo menos a corda bamba e a noção de equilíbrio

Joana disse...

... o coração só se descansa quando encontra o que busca. Assim como te és fiel, sê-lo-ás quando encontrares quem te faz ser fiel. E aí nem vais notar que fechaste a porta! :)

MiSs Detective disse...

concordo a 100% contigo joana, para não variar.